Fundo.jfif

Atenção! Você está prestes a descobrir intimidades e situações que só são contadas além dos limites da história. Prepare-se, pois entre o nascimento e a morte, encontros e desencontros, e uma epidemia, você irá conhecer as vidas dos habitantes de Lúgubre. Você acabou de chegar no...

UNIVERSO EXPANDIDO

 

LÚGUBRE

ticket branco.png

Lúgubre é uma cidade molhada, como se a água escoasse por todos os lugares, nos telhados, paredes, catedrais e pelos olhos. É como se esta pequena cidade, esquecida no mapa, fosse envolvida por frio e tristeza.

Os moradores de lá, sem combinarem nada, decidiram não comentar sobre uma tragédia que os acometeu algumas décadas atrás. Eles a chamaram de Epidemia Cega. A Epidemia fez com que os moradores ficassem, inexplicavelmente, sem visão. Com a ausência deste sentido, o caos se estabeleceu e muitos pereceram diante da impossibilidade de prover comida; outros se aproveitaram dos mais fracos e mesmo cegos usavam da força para se impor.

Um tempo depois, a Epidemia, assim como veio, foi: inexplicavelmente. Lúgubre conseguiu se reconstruir, mas duas coisas mudaram desde então. Ficou decidido que todos seriam chamados pelo sobrenome. Assim, se você partir, tudo seria mais fácil. Seria mais um dentre tantos e tanto fazia se você estava vivo ou morto. E passou a chover muito. Os moradores de Lúgubre dizem que o céu chora pelo menos três vezes por semana. Enquanto chove, todos estão submersos em suas pequenas vidas, em seus pequenos problemas sem saberem quem são.

Lugubre.jpg
ornamentos site UE + opaco.png

 HABITANTES DE LÚGUBRE 

ESTRELA

ESTRELA

Atrapalhada e livre como uma borboleta, leve, a menina que não sabe não ser menina. Estrela é livre, mas não rebelde. Gosta de fazer as coisas do seu jeito e no seu tempo. Odeia opressões e ouve ordens até certo ponto. "As ideias são infinitas!"

HARMONIA

HARMONIA

AGRADO

AGRADO

LIBERATTI

LIBERATTI

GRIS

GRIS

Por onde vai, carrega seu guarda-chuva consigo e por onde passa, deixa um rastro de medo, tristeza e morte. Não nasceu de ninguém. Simplesmente surgiu. Não tem um lugar pra chamar de lar. É levado de um canto a outro do Mundo. Sua missão é lembrar a humanidade de que a vida é frágil, mas acredita que cada um deve decidir seu próprio Destino. Ignorado pelo Universo, é em Lúgubre que descobrirá as respostas para suas perguntas.

QUIMERA

QUIMERA

 
Image by Noah Silliman

Nessa série de pequenos capítulos de videodança, você poderá ir adentrando no universo de "Todas as Cartas que (não) escreveram para mim"

FRAÇÕES DE GESTOS
EM MEIO À CHUVA