QUIMERA 

Quimera espera e espera, talvez no fundo espere a si mesmo por entre vagões revestidos do metal tão frio quanto seus passageiros. Quimera vê cor em Lúgubre para além do cinza que permeia a cidade, ele vê as flores, as Estrelas. Mas nada além disso. Quimera é tão comum quanto qualquer um, apenas um garoto invisível, apenas um garoto vazio.

Ou sem redundância, apenas um garoto.

Quimera montagem png 1.png